As definições de ‘’só um bolinho’’ foram atualizadas com sucesso

Foto: Gus Wanderley

Por Aline Gonçalves

Não tem jeito né? A gente ama uma festinha! E cá entre nós, esse mercado das festas vem crescendo, se modernizando, e pode ser meio selvagem às vezes. Parece que até mesmo as definições de ‘’só um bolinho lá em casa’’ foram atualizadas, porque é praticamente impossível não se render aos encantos de papelaria, confeitaria, mobiliário, balões, etc, etc, etc. Nos últimos anos a tendência é fazermos festas minimalistas, enxugando tanto as montagens quanto a lista de convidados, assim temos festinhas mais intimistas que refletem e verdadeiramente nossas relações do dia a dia. E com a valorização de relações mais próximas, consumo consciente e itens artesanais, os produtos de personagens comerciais perderam bastante espaço.

Já sabemos que não utilizar personagens comerciais nas decorações de festas está relacionado com a ideia de não impor moldes inatingíveis ou limitantes às crianças. As novas propostas de decoração giram em torno de valorizar suas características individuais, aptidões, gostos, histórias e suas personalidades. E cá entre nós, o que não falta nos pequeninos das novas gerações é justamente personalidade! Para muitas famílias e profissionais ainda é um pouco difícil se desprender da segurança e praticidade oferecida por produtos licenciados, mas sem eles a imaginação fica livre para criar temas impensados e cheios de significado.

Mas e na prática, como selecionar itens para festas que podem ter como tema desde algo abstrato, como uma combinação de cores até uma historinha criada pela criança? Algumas ideias praticas para deixar sua festa com um ar mais moderno e descontraído:

– Doces maiores como donuts, pirulitos, barras de chocolate e cookies são uma boa opção para preencher o espaço da mesa de maneira harmoniosa sem poluir visualmente. Além de deixar a mesa mais bonita, você economiza descartáveis desnecessários.

– Cookies decorados: Você pode mandar fazer com diferentes desenhos, letras, números e usá-los também na decoração do Bolo. Um bolo liso com alguns cookies coloridos será o centro das atenções.

– Brinquedos e objetos da criança: porque não usar seus próprios itens na decoração?

– DIY: reúna a família e mãos a obra. Um doce caseiro, desenhos ou artesanato feito pela família… o que vale é aproveitar o processo! Os convidados vão adorar e copiar a ideia.

É importante ter em mente que quanto mais itens, mais difícil focar no tema. Então prefira os doces especiais, mais decorativos para colocar na mesa, nem todos os doces da festa precisam ficar expostos. Escolha também itens decorativos de tamanhos variados, mas não muitos. Além disso, lembre de brincar com a geometria da mesa. Escolha suportes com alturas e diâmetros variados e deixe um pouco de lado a ideia de simetria.

 

Você também pode gostar de ler