Cinco dicas essenciais para a volta às aulas

Readaptação. Esta é a palavra-chave do período que antecede a volta às aulas. Após aproveitar as férias, os estudantes precisam tornar a seguir uma rotina com regras, horários e diferentes atividades pedagógicas. “Durante o recesso escolar, os pais costumam dar uma folga nas regras e nos limites, desde a questão da alimentação até os horários de dormir. E a escola vem no sentido contrário, gerando aborrecimentos se a criança não for devidamente preparada para tal”, explica Esther Cristina Pereira, psicopedagoga e presidente do Sindicato das Escolas Particulares – Sinepe/PR.

Para que o aluno se adapte novamente ao ritmo e à rotina de estudos, é preciso organização, disciplina e comprometimento – tanto da criança, quanto da família. Pensando nisso, a presidente do Sinepe/PR dá cinco dicas básicas que podem ser úteis neste processo:

1. Organize o horário de sono do estudante, deixando-o dormir e acordar um pouco mais cedo. Assim, aos poucos, ele volta a se acostumar com o horário da escola.

2. Converse com a criança, principalmente com as menores. Explique que os colegas e professores estarão esperando por ela – fazer um passeio pela escola também é eficaz, já que rever o espaço e os professores faz com que a saudade fale mais alto.

3. Junto com o aluno, separe o uniforme, organize os materiais, arrume a mochila, o estojo, estimulando e reforçando a volta para a escola.

4. Converse com a criança sobre algo que ela tenha feito durante as férias que seja bacana de compartilhar com os amigos. Fotos de viagem, lembranças de algum lugar que visitaram. Assim, ela fica entusiasmada para voltar e compartilhar com os colegas algo significativo.

5. A família também precisa se preparar para a volta da rotina escolar – entrar no site da escola para ler os informativos, preparar horários e redobrar a atenção e os cuidados com o trânsito pode ajudar.

 

Você também pode gostar de ler