Diferença entre iogurte, leite fermentado e petit suisse. Conheça as opções mais saudáveis para bebês e crianças pequenas

É habitual muitas famílias darem aos bebês e crianças pequenas o Petit Suisse. Por ser de fácil aceitação e por ser uma forma de variar os lanchinhos.
O que algumas pessoas não sabem e outras ignoram é que ele é indicado para consumo após quatro anos de idade.
“Aí mas eu comia e não morri”, ainda bem, né?! Só que se você pode escolher dar um alimento mais saudável e nutritivo por que vai optar por algo cheio de corantes e açúcar?
Eu quero o melhor para a saúde da minha pequena e por isso conversei com a nutricionista infantil Larissa Macedo, da clínica pediátrica Lamvie para trazer informações sobre as melhores opções para ofertamos aos nossos filhos.

Qual a diferença entre iogurte, bebida láctea, leite fermentado e o Petit Suisse?

O iogurte é obtido pela fermentação do leite. No iogurte, os ingredientes não lácteos poderão estar presentes na proporção máxima de 30%. A fermentação se realiza com cultivos de bactérias e o soro de leite não é obrigatório, também não é permitida a adição de gordura vegetal.

A bebida láctea tem a adição do soro do leite, fermentos lácteos e outras substâncias, tem que ter, no mínimo, 1g de proteína a cada 100 g de produto.
Esse tipo de bebida tem uma quantidade de proteínas significativa. É menos calórica que o iogurte, porém, menos nutritiva.

Leite fermentado é um alimento obtido pela fermentação do leite pasteurizado ou esterilizado, por fermentos próprios, onde o produto final deve ter a ocorrência de microrganismos viáveis, ativos e abundantes. Na sua produção, ocorre uma diminuição do pH do leite envolvido. Além de ser rico em proteínas e cálcio, é considerado um alimento funcional já que seus lactobacilos, as ‘bactérias do bem’, servem para melhorar várias funções do intestino.

O Petit Suisse é um queijo fresco, não maturado, obtido pela coagulação do leite desnatado com coalho ou enzimas e bactérias sendo fermentado, pasteurizado e tem uma alta concentração de leite de vaca. Ele não é iogurte, é um produto que tem conservantes, corantes e açúcar.

Eu sei que o iogurte natural é o mais saudável, mas quando a criança não aceita, qual a opção mais saudável depois dele?

O iogurte natural é melhor para ser ingerido diariamente, já que há uma quantidade menor de açúcar e menos sódio. Quando batidos com frutas, por exemplo, qualquer uma das opções naturais, ficam bem gostosas, seria a segunda opção.

Uma terceira opção poderia ser o grego. Ele tem, basicamente, duas grandes diferenças de fabricação. Uma delas é a mussalina, que faz com que o iogurte grego não coalhe em altas temperaturas. Além disso, ele não tem o soro do leite em sua fórmula, fazendo com que tenha consistência mais sólida pela menor quantidade de líquido no iogurte.

Diferença entre eles

Porção de 100g
Iogurte Grego | Iogurte Natural
Calorias:134 | 74
Carboidratos 17g | 5,3g
Proteínas 5,6g | 4g
Gorduras 8g | 6,7
Cálcio 177mg | 145mg
Sódio 94mg | 74mg

Grego: leite desnatado ou integral e/ou leite desnatado ou integral reconstituído, concentrado proteico de leite, açúcar líquido, creme de leite, amido modificado, leite em pó desnatado, fermentos lácteos e estabilizante gelatina.

Natural: leite integral e/ou leite reconstituído, leite desnatado e/ou leite desnatado reconstituído, leite em pó desnatado e fermento lácteo.

Qual a quantidade as crianças de até três anos podem consumir iogurte por dia? E para crianças maiores?

Até 3 anos eu recomendo dar um iogurte (além de leite e derivados). Acima de três anos pode consumir duas unidades.

A partir de que idade pode se oferecer derivados do leite? Por que?

Assim como o leite de vaca, a orientação é a partir de um ano de vida. Pois antes disso o intestino ainda é muito imaturo para digerir esse leite, que tem proteínas complexas e de difícil digestão, as quais acabam agredindo as células do intestino e pode acabar causando problemas como diarreia, alergias e baixo peso.

Tem algum horário que seja melhor de ser ofertado?

Geralmente leite e produtos lácteos devem ser ofertados longe das refeições principais, almoço e jantar pois o cálcio compete com a absorção do Ferro.

Você também pode gostar de ler