Hoho homemade

Por Aline Gonçalves

Se de todas as memórias da minha infância, eu pudesse congelar no tempo, apenas uma e fazer aquele momento durar pra sempre, provavelmente seria o dia de montar a árvore de natal.
Eu esperava ansiosamente pelo dia de desencaixotar os enfeites e luzinhas e pendurá-los na árvore.

Era uma espécie de ritual sagrado que eu e minha mãe cumpríamos anualmente. Não sei se eu gostava mais pelo encantamento que os enfeites proporcionavam, ou pelo momento de união com minha mãe. O fato é que era algo tão especial que eu trouxe comigo para a vida adulta, e mesmo hoje com quase 30 anos e morando sozinha, eu não deixo de montar minha árvore.
Outro fator que me leva a adorar essa época é meu aniversário. Sim, fui uma criança natalina! E apesar de ganhar um presente só e ter muita dificuldade em juntar os amigos nas minhas festinhas, esta época do ano pra mim sempre tem ares de celebração e de alegria. O curioso é que por essa junção de ocasiões, na minha cabeça, natal está para bolo assim como natal está para panetone, para a maioria das pessoas…
Bem, eu não sei você, leitora, mas eu não me importo de comer o bolo e também o panetone. Depois das festas a gente pensa nas calorias, não é mesmo? E tem caloria melhor do que a de algo feito em casa com amor? Acho que não… Nessa época do ano aparecem além dos panetones as cerejas. Os mercados estão cheios delas! Lindas, vermelhinhas, brilhantes e deliciosas! Pena que duram pouco… Mas é claro que eu tenho uma solução! Pra aumentar a longevidade delas você pode fazer sua própria conserva de cerejas em casa (a famosa cereja ao marasquino). É super fácil, para fazer a sua você vai precisar de:

– 2 xícaras de cerejas frescas sem caroço

– ½ xícara de água

– 2 xícaras de açúcar

– 1+1/4 de xícara de licor de cereja

– 1 pitada de sal

– 2 colheres de sopa de suco de limão

Depois de lavar, tirar os cabinhos e os caroços, acondicione as cerejas em um vidro esterilizado e reserve

Em uma panela ferva a água, o açúcar e o sal até que o açúcar se dissolva completamente. Tire a panela do fogo e adicione o suco de limão e o licor, misture bem e despeje sobre as cerejas. Espere esfriar, tampe e conserve na geladeira.

Minha dica:

Aqui no atelier da INKU usamos a cereja em conserva para rechear nosso bolo Floresta Negra, que só fazemos nesta época do ano. Mas você pode usar de diversas maneiras. Lembra do suspiro que ensinei no mês passado? Vai ficar maravilhoso com as cerejas em calda e um pouco de chantilly, cê não acha? Depois de fazer você vem me contar como ficou, combinado?

 

 

 

Você também pode gostar de ler