Thays Falkembak é nova colunista aqui no blog

Ela foi a primeira pessoa que convidei para escrever aqui. Isso há um ano… hehehe
A Thays é mãe do Felipe, de dois anos e meio e está gravidinha do baby 2.
Eu a conheço há muitos anos, frequentamos a mesma igreja, mas o que nos aproximou mesmo foi a tal da maternidade. Nós engravidamos quase no mesmo período e nossos filhos tem poucos dias de diferença.
Esse convite foi feito não somente por ela ser minha amiga, mas por ver excelência em tudo o que ela faz. A Thays é pedagoga e largou mão do trabalho para cuidar do Felipe, mas esteve “lecionando” exclusivamente para ele nessa primeira infância. Atualmente, ela compartilha muitas atividades pedagógicas infantis pelo insta @mamaequeensina e também começou a ofertar assessoria de planejamento e organização de rotina doméstica.

Leia abaixo uma rapidinha entrevista para conhecê-la um pouquinho mais.

Você lecionou quantos anos?
9 anos em escolas públicas e privadas.

De onde surgiu a vontade de ser professora?
Desde criança falava que seria professora, cresci assim e fui seguindo esse rumo. Mas a inspiração de ser mamãe que ensina certamente veio da minha mãe. Ela sempre estudou muito e dedicou a maior parte da nossa infância ensinando, eu e minha irmã, antes mesmo de eu irmos para a escola.

Conte sobre a assessoria de organização de rotina que você está ofertando.
A assessoria de rotina é composta com reuniões presenciais e contato pelo WhatsApp para esclarecer dúvidas no decorrer do processo. Seguindo alguns critérios básicos que farão toda a diferença. Desenvolvendo uma rotina personalizada para cada família, dentro de sua realidade.

Como surgiu a ideia? Como você se preparou para oferecer esse serviço?
A ideia de oferecer esse serviço surgiu pelo interesse das mães. Muitas mamães já vieram até mim pedir ajuda, ou até admiradas com minha forma de organização. Aos meus olhos não era nada tão grandioso, mas quando percebi que pessoas precisavam de ajuda eu resolvi elaborar uma forma de auxiliá-las. Parei para pensar nos métodos que eu utilizava, em algumas práticas que faziam a diferença no meu dia a dia. Fui mais a fundo e fiz alguns cursos, li alguns livros e pesquisei. Desenvolvi então, algumas teorias baseadas em conhecimentos e vivências!

Você também pode gostar de ler