Toneladas de bolachas decoradas reforçam cultura e tradição de Natal

Seja para dar de presente ou para decorar a mesa, não importa, o fato é que bolachas decoradas fazem parte da magia do Natal e em Curitiba quem é especialista no assunto é a Bolachas Vovó Elza e não por menos. A fábrica produz nada mais nada menos do que nove mil quilos de bolachinhas artesanais nesta época. Detalhe: feitas uma a uma! A receita tradicional é guardada até no cofre da família. “Temos a receita escrita à mão pela minha vó e não mudamos nada. Começamos aos poucos, quando chegamos em Curitiba, e hoje temos três lojas e participamos de diferentes feiras na cidade, incluindo a tradicional Feira de Natal da Osório”, conta Ana Luiza Spengler, neta da Vovó Elza, que está à frente da marca.

 

De origem alemã, as bolachas são dos mais variados formatos. Árvore, bota, boneco de neve, Papai e Mamãe Noel são só algumas das opções que ultrapassam 50 itens exclusivos para a ocasião. Para 2019, a coleção traz novidades como o Boneco Ginger de Chocolate com pecinhas como olhos, boca, nariz e acessórios como gravata, avulsas para as crianças montarem; também na linha de faça você mesmo tem a Casinha do Papai Noel composto por kit com paredes e teto da casa e confeitos diversos para a família “fabricar” a casinha; entre outros.

 

Os preços variam, mas tem opções a partir de R$ 5 (unidade), entre amanteigadas e decoradas. Para conferir e garantir algumas das delícias, a Bolachas Vovó Elza tem três lojas, (Boa Vista, Juvevê e Centro).  As bolachas também podem ser encontradas nas feirinhas do Largo da Ordem, do Passeio Público e na Feira de Natal da Praça Osório. Informações e encomendas podem ser feitas pelo telefone (41) 3016-1353 ou na rede social @bolachas_vovo_elza

 

Exposição de bolachas decoradas conta O Natal de João e Maria em Curitiba

A famosa Vila de Natal do Bosque Alemão é assinada pela Bolachas Vovó Elza, leia-se Ana Luiza Spengler, que coordena a equipe da criação à execução, e, claro, também põe a mão na massa. Para este ano, o tema escolhido foi “O Natal de João e Maria em Curitiba”, que remete à história que curitibanos e turistas encontram ao passear pelo bosque. São mais de 150 peças distribuídas em um espaço de quatro metros de área. João e Maria vão passear por Curitiba e encontrar o Jardim Botânico e o Passeio Público. Passarão por casas e ruas feitas de doces até encontrarem o Papai Noel. Um presépio completo com o menino Jesus e outras imagens também irá ilustrar a história que terá oito casas de doces, bonecos feitos de gengibre, árvores, tudo artesanal e confeccionado pela equipe da bolacheira Ana Luiza Spengler, da Vovó Elza. A atração fica em exposição no Oratório de Bach a partir de xx. A visitação é gratuita e acontece diariamente das 13h às 19h até dia 6 de janeiro de 2020.

 

Você também pode gostar de ler